EEFMT Professora Maria Theodora Pedreira de Freitas
Mostra reúne trabalhos de arte dos alunos do Ensino Fundamental
Ao longo de 2011, artistas consagrados fizeram parte dos conteúdos aprendidos pelos alunos da FIEB. Além de aprender o período e o estilo predominante em cada obra, os estudantes conheceram a história de vida dessas personalidades que, através de seus talentos, deixaram um legado inestimável ao mundo. O que melhor do que exemplos assim para incentivar as crianças e os jovens a explorarem sua própria genialidade através da criatividade?

Entre os dias 16 e 23 de novembro, os corredores da EEFMT Profª. Maria Theodora Pedreira de Freitas (Alphaville), mantida pela FIEB, ficaram repletos de cor, textura e beleza. Era o resultado de todo o aprendizado unido à capacidade criativa dos alunos do 1º ano à 6ª série do Ensino Fundamental, exercidos durante as aulas de Arte da professora Denise Aparecida Chalupe.

Cada série estudou um tema, artista ou obra e, a partir disso, criaram releituras. O resultado foi tão bom que a professora resolveu expor para toda a escola os trabalhos feitos pelos jovens ao longo de um ano muito produtivo.

Aos alunos do 1º ano foi apresentada a coleção Meninos de Brodowski, do artista plástico Cândido Portinari. Inspirados nela e em toda sua história, eles soltaram a imaginação, criando lindos desenhos em papel canson.

O livro “Domínio das Cores” (editora Paulus) serviu de inspiração às turmas do 2º ano, que montaram um painel composto por cores variadas e formas geométricas. O enorme mosaico é a junção de trabalhos feitos por todos os alunos.

O 3º ano estudou a fundo vida e obra da pintora e desenhista brasileira Tarsila do Amaral. Bem municiados, recriaram obras em que o desenho ganhou destaque com a aplicação de massinha de modelar sobre o papel.

“Brinquedos e Brincadeiras” (editora Moderna) é um livro que trata sobre brincadeiras populares, desde as mais antigas até as mais atuais. Ele é ilustrado com pinturas de grandes artistas, como Jean-Baptiste Debret, Volpi, Portinari, entre outros, que retratam as mais diversas situações lúdicas. Inseridas nesse universo encantado, os alunos do 4º ano fizeram lindas releituras empregando pintura em aquarela sobre papel canson.

Também em papel canson e aquarela foram feitas as pinturas inspiradas na obra do artista brasileiro Alberto da Veiga Guignard, explorado com muito empenho pelos estudantes do 5º ano. Aqui, eles também tiveram a oportunidade de conhecer mais um artista brasileiro, dono de obras importantes.

Já a 6ª série F estudou o Modernismo. Os alunos conheceram alguns dos principais artistas do período, como Anita Malfatti, Tarsila do Amaral, Pablo Picasso, Di Cavalcanti, entre outros, e suas obras espetaculares. Toda a inspiração proveniente desse aprendizado foi retratada em telas que compuseram a Mostra.

A professora Denise conta que os alunos aprenderam a fazer leitura das obras de arte e demonstraram muita empolgação durante as aulas, o que levou a resultados tão bons. “Como eles têm sensibilidade artística!”, ressaltou. “Tem sido muito gratificante pra mim tudo isso. Eles têm demonstrado muita sensibilidade, cada um a seu modo, e isso é maravilhoso!”, diz.

Denise explica que os estudantes acharam muito interessante conhecer e entender o que é ser um artista, além de aprenderem sobre a vida deles. “Eles viram que os grandes artistas levavam uma vida normal, como a deles, mas relacionaram essa rotina à expressão artística”, esclarece.

Clique aqui para ver as fotos dos alunos durante as atividades e também dos trabalhos prontos.